PSY-SC

PSY-SC
PSY-SC

Avaliação do distress psicológico e das dimensões espirituais em utentes portadores de doença crónica 


Resumo

A sociologia e a antropologia consideram a espiritualidade e a religião dimensões estruturantes da natureza humana. Estudos que incidem sobre necessidades de utentes com doenças crónicas enfatizam a importância da espiritualidade como necessidade a considerar nos cuidados de saúde.
Estudos recentes têm demonstrado uma relação positiva entre espiritualidade e saúde. Aldwin e colaboradores (2014) propuseram um modelo organizador sobre os processos regulatórios que poderão explicar esta relação, explorando a importância da espiritualidade para o ajustamento à doença crónica, coping e mesmo ao luto. O estudo da religião e da espiritualidade permitem um conhecimento mais completo do ser humano (Hill, Pargament, Hood, McCullough, Swyers, Larson, & Zinnbauer, 2000).
Vários têm sido os estudos que exploram a relação entre espiritualidade e saúde. Hill et al. (2000) reuniram algumas características destes dois constructos que justificam a sua importância. Religião e espiritualidade desenvolvem-se durante toda a vida das pessoas, são fenómenos psicossociais, têm relação com os processos cognitivos, afectos e emoções e são também bastante relevantes no estudo da personalidade (Gouveia, 2016). Inúmeras evidências científicas têm demonstrado a relação entre bem-estar espiritual, ajustamento à doença crónica, gestão de sinais e sintomas, promoção do auto cuidado e vivência das transições saúde-doença.



Objetivos
  • Avaliar as evidências e a produção científica sobre espiritualidade na área da saúde, designadamente em utentes portadores de doenças mentais crónicas; 
  • Descrever a vivência espiritual dos participantes envolvidos no estudo; 
  • Avaliar o nível de satisfação e perspetivas perante a vida em utentes portadores de doenças mentais crónicas; 
  • Avaliar a presença de distress psicológico nos utentes participantes no estudo;
  • Identificar correlações entre espiritualidade, satisfação com a vida e distress psicológico em utentes portadores de doenças mentais crónicas.


Equipa de Investigação

Wilson Abreu - ESEP / CINTESIS 
Olga Riklikiene - Lithuanian University of Health Sciences (Kaunas)
Glauberto Quirino - Universidade Federal do Cariri 
Maryam Rassouli - Faculty of Nursing - Shahid Beheshti University of Medical Sciences, Tehran (Iran)
Seyda Ozbizach - Dokuz  Eylul  University (Nursing Faculty), Izmir,  Turkey 
Carlos Violante - Instituto São João de Deus (Barcelos, Funchal, Ponta Delgada

Consultores / consultants:
Arndt Büssing - University Witten/Herdecke, Germany John Fisher - University of Melbourne

Extended group of reserchers: http://www.spiritualneeds.net/Cooperators/




« Voltar

Pesquisa
Quem é quem?
Use esta funcionalidade para encontrar informação de contacto sobre Docentes, Funcionários e Alunos.
Sondagem